domingo, 23 de agosto de 2015

Zsmb criando pastas compartilhadas no seu GNU/Linux

O Zsmb é um script simples em Zenity feito em Zenity com opções mínimas apenas para criar pastas compartilhadas pelo Samba facilmente no seu computador Linux podendo ser executado em qualquer gerenciador de janela deste que você tenha o Zenity instalado que normalmente o mesmo já vem nas maiorias das distros.
As pastas compartilhadas poderão ser acessadas facilmente por outros computadores Linux, Windows e Smartphone e Tablet com Android (instalar o app AndSMB no Android)

São utilizado os seguintes programas no script que podem todos ser substituídos por outros de sua preferência editando o mesmo em /usr/local/bin/zsmb:

Mousepad = editor de texto ASCII puro
Xterm = janela de terminal para digitar sua senha do sudo e acompanhar o reinicio dos serviços do samba.
Firefox = para ver a ajuda.

Outras notas:
Você deve ter o servidor samba instalado no seu computador para poder compartilhar pastas, normalmente somente vem com a parte do cliente instalada, sendo que o nome do pacote varia conforme a distro, devendo também editar o nome do serviço que reiniciar o samba no script.

O script compartilha automaticamente todas suas impressoras instaladas, basta apenas que o micro remoto instale a mesma como uma impressora de rede com protocolo samba.


Download em: zsmb-v4-menu-ajuda.tgz

Para instalar faça: sudo tar -xzvf zsmb-v4-menu-ajuda.tgz -C /
Depois acesse o menu Internet na barra de programas e escolha o item Zsmb



quinta-feira, 6 de agosto de 2015

CPU-X obtendo informações do processador e placa mãe

CPU-X é um programa gráfico em GTK similar ao CPU-G para Linux ou do famoso CPU-Z para Windows, para obter informações da cpu, placa mãe, bios, memória e sistema operacional. Você pode instalar em qualquer distribuição GNU/Linux pois o mesmo é um executável de arquivo único que está apenas compactado em um pacote gzip possuindo um binário para sistema de 32 bits e outro para 64 bits que roda direito do diretório a onde o mesmo foi descompactado.

O download pode ser feito em https://github.com/X0rg/CPU-X/releases

Após baixar, descompacte o pacote do mesmo:
$ tar -xzvf CPU-X_v2.0.3_portable.tar.gz
CPU-X_v2.0.3_portable_i686
CPU-X_v2.0.3_portable_x86_64

Foram extraídos dois arquivos binários do programa, execute o binário de acordo com a arquitetura do seu sistema, sendo a terminação i686 para sistema de 32 bits e o x86_64 para sistema de 64 bits.

Para facilitar o seu uso renomeia o executável desejado para algo como cpux e copie o mesmo para /usr/local/bin.

Executando o CPU-X com interface ncurses

Caso o CPU-X falhe a sua execução devido a versão do seu GTK, instalado no seu sistema, o mesmo também pode ser executado numa bonita interface ncurses bastando apenas acrescentar o flag -n no final do comando.

$ ./CPU-X_v2.0.3_portable_i686 -n

Use as setas direcionais para navegar em outras abas ou telas do programa no modo ncurses.

Notas gerais:
Apesar do CPU-X podendo ser executado pelo usuário comum,  para obter informações mais precisas e completas da cpu você deve executar o mesmo como root ou usando o sudo. 

Se desejar compilar  o CPU-X, tem o sources disponível para download, mas requer que seu sistema esteja usando a versão do cmake 3.0 ou superior para poder fazer a compilação, caso contrário não funcionará.

Telas

Tela da interface ncurses


Tela da interface GTK padrão